Peça do Século XIX que faz parte da história artística e religiosa de Pará de Minas pode ser vista no MUSPAM.

 

O Divino Espírito Santo que ornamentou o altar principal da antiga Matriz de Pará de Minas e que desde o mês de maio está de volta à cidade, agora pode ser visto no Museu Histórico. Ele é a peça principal da Exposição Relíquias Religiosas da Antiga Matriz de Nossa Senhora da Piedade, aberta na quinta-feira, 2 de agosto.

“É uma parte da nossa história que não estava conosco. Foi uma articulação de mais de 10 anos, com empenho muito grande da Prefeitura de Pará de Minas e da Paróquia de Nossa Senhora da Piedade. Esse diálogo entre a Secretaria Municipal de Cultura e Comunicação Institucional e a Diocese nos permitiu trazer de volta essa peça para a cidade”, lembrou o responsável pela pasta, Paulo Duarte.

Invalid slider ID or alias.

Jovens estudantes tiveram a oportunidade de conhecer um pouco mais da história de Pará de Minas por meio das peças religiosas. Outros objetos que também integraram o acervo da antiga matriz também estão expostos. São telas, imagem de Nossa Senhora do Rosário e uma peça que contém um fragmento do Santo Lenho, ou seja, da cruz em que Jesus foi crucificado. A exposição ficará aberta até o dia 30 de agosto, de terça a sexta-feira, das 9 às 18 horas, e aos domingos, das 9 às 12 horas. “É uma grande oportunidade que estamos tendo. É o coroamento do processo que apresentamos à Diocese de Divinópolis para trazer de volta essa peça à Pará de Minas. Para o público, é uma boa chance de apreciar de perto a beleza desse Divino Espírito Santo que nos lembra a antiga matriz”, disse Ana Maria Campos, Gerente do Museu Histórico de Pará de Minas.