Falecido no dia 2 de fevereiro de 1999, Dr. Edward Moreira Xavier notabilizou-se pelo empenho na área de saúde. Nasceu no dia 12 de dezembro de 1914, na Cidade do Pará – hoje Pará de Minas. Era filho de Alfredo Otávio Xavier e Aureslina Gonçalves Moreira.Tinha uma admiração especial pelo avô paterno, Fernando Otávio Xavier, que exerceu o cargo de vereador e posteriormente de agente executivo, o mesmo que prefeito.
Sua formação se deu em 1941, quando graduou-se pela Universidade Federal de Minas Gerais. Fez pós-graduação em Saúde Pública pela Escola Estadual de Minas Gerais. Ao todo, foram exatos 58 anos de plena dedicação a carreira que escolheu: a medicina.
Sua história profissional começa quando retorna a Pará de Minas a pedido de seu avô, José Gonçalves Moreira. A cidade contava apenas com seis médicos. Dr. Edward Moreira atendia no hospital, em seu consultório e fazia também o papel de médico de família. Onde havia algum enfermo precisando de cuidados, lá estava ele auxiliando.
Conhecimento nunca ocupou espaço, por isso o dedicado médico sempre retornava a capital para se especializar em pediatria, cardiologia, ginecologia e gastroenterologia.
Em 1946, tornou-se o 20° presidente do Centro Literário Pedro Nestor, tradicional grêmio lítero-cultural. Presidir a entidade naquela época tinha significado muito especial. Afinal era a única opção de lazer e entretenimento da cidade. Promoveu bailes, conferências culturais e adquiriu um terreno na Rua Doutor Higino, anexo ao clube, que foi vendido na década de 1990.
Com um grupo de amigos, fundou a Cerâmica Parapuam e a Metalúrgica Pará de Minas; em 1952, foi a vez da Companhia Fiação Tecelagem Pará de Minas, hoje Coopertêxtil.
Indicado pelo senador Benedito Valadares, em 1958 Edward Moreira candidata-se à prefeitura municipal, elegendo-se pelo PSD. Teve 4.550 votos. Exerceu o mandato de 31 de janeiro de 1959 a 31 de janeiro de 1963. Sua administração priorizou a saúde, é claro; apesar das inúmeras dificuldades conseguiu uma diversidade de obras, as  quais relacionamos: construção de uma adutora de água e o novo filtro denominado Padre Viegas, eletrificação dos distritos de Carioca e Torneiros, aquisição de terrenos para implantação das escolas Dom Bosco e Clóvis Salgado. A ampliação das redes de água tratada e de esgotos foram quadruplicadas, reduzindo e muito os índices de mortalidade infantil e paralisia. Durante o seu mandato, foram comemoradas com grandes eventos, as festividades do centenário da cidade em 1959. A instalação de indústrias de porte como a Siderúrgica Alterosa e a antiga Usipa(hoje, Cisam) foi durante o seu governo.
Edward Moreira Xavier foi casado com Mariinha Ferreira de Abreu e teve seis filhos: Alfredo, Maria José, Marta, Edward e as gêmeas Cristina e Ana; e, em segundas núpcias, com a senhora Rosinda Almeida Xavier.
Em 18 de setembro de 1998 o Patafufo Country Club inaugurou o Espaço Cultural Dr. Edward Moreira Xavier, em reconhecimento aos grandes serviços por ele prestados aos pará-minenses na área social da Medicina.
Em 20 de março de 1999 a Academia de Letras de Pará de Minas criou a Placa de Mérito Dr. Edward Moreira Xavier, outorgada àqueles que contribuiram para a causa da Academia e pela educação e cultura de nossa terra.

Em 20 dedezembro de 2000 a municipalidade inaugurou o Posto de Saúde Dr. Edward Moreira Xavier, na Rua Ouro Preto, 431, Bairro N. Sª Fátima.

Em 21 de março de 2003 sua foto in memoriam foi apensada na na Câmara Municipal de Pará de Minas, na Galeria dos Benfeitores do Município, no Plenarinho Dr. Wilson Guimarães.

Outra homenagem da municipalidade lhe foi prestada pela Lei Nº 4.265, de 22 de setembro de 2003, que denomina uma via pública no Bairro Senador Valadares, de Rua Dr. Edward Moreira Xavier.

Fontes:

Jornal Educação. Órgão informativo da Secretaria da Educação da Prefeitura de Pará de Minas; Setembro 1999; Ano 2; Nº 2; Pág.9.

Informações de José Francisco Pereira a Ana Maria Campos, em 13/12/2014.

Arquivos Muspam.