No mês das noivas a história de um dos mais tradicionais rituais de passagem homenageia o amor e a família.

 

No dia 15 de maio, a abertura da exposição “Amor à moda antiga: a origem do ritual do casamento”, no Museu Histórico, emocionou os convidados com a sua peculiaridade e romantismo. O casal de noivos Luana Kelly dos Santos e Gustavo Fernandes da Silva, modelos da Érika Damas Noivas, uma das apoiadoras da mostra, desfilou com a marcha nupcial belamente tocada por Fernando Stringhetta, Clara Mendes e Rodrigo Dutra. O Museu Histórico de Pará de Minas – Muspam, parecia uma cerimônia de casamento, com a mesa posta de doces e bolo de casamento, gentilmente oferecidos por Adriana Bombons Atelier de bolos, doces e chocolates artesanais, outra apoiadora da mostra, complementando o clima de romance no ar. Já o bolo cenográfico, de Rodrigo Júnio, outro apoiador, integrou a mostra.

A exposição resgata a origem do ritual do casamento, mostrando imagens e documentos relacionados a esse significativo momento vivenciado por membros da nossa comunidade. A abertura contou com o apoio de Érika Damas Noivas, Adriana Bombons, Boss Store, Stella Moreno Flower Designer, Rodrigo Júnio – Bolos Cenográficos, e Floricultura Girassol.

Invalid slider ID or alias.

A comunidade carinhosamente se prontificou e participou de cada detalhe da exposição, emprestando vestidos de noiva, fotos, utensílios, tão caros para a história e tradição de Pará de Minas. Tudo isso deu um toque de beleza e testemunhou verdadeiras histórias de amor contadas. O casal Marilda de Oliveira Gonçalves Almeida e Iraci de Almeida, foi homenageado com um lindíssimo bouquet, oferecido pela Floricultura Girassol. Eles foram os primeiros a se casar na nova Matriz, Santuário de Nossa Senhora da Piedade, e hoje estão com 47 anos de casados.“É uma emoção muito grande para mim. Hoje estou aqui com meus filhos e as duas moças que foram as damas do meu casamento. Na época, eu entrei com um simples botão de rosas e hoje ganho este lindo bouquet”, disse Marilda.

A exposição continua no Museu Histórico de Pará de Minas – Muspam, até o dia 30 de junho de 2018. De terça a sexta-feira, das 9 às 18 horas e aos domingos, de 9 às 12 horas.