Evento tradicional, fez parte da programação da 6ª Jornada do Patrimônio.

 

A música sertaneja de raiz voltou ao Projeto Quinta no Museu que, no último dia 17 de agosto, fez parte da programação da 6ª Jornada do Patrimônio Cultural de Minas Gerais. Quem se apresentou foi a dupla Vitor e Ruan. “É uma promoção do IEPHA que em Minas Gerais ganhou um enfoque especial. As entidades culturais abraçaram a ideia. É uma ótima maneira de destacar o patrimônio, junto com a comunidade”, disse Ana Maria Campos, Gerente do Museu Histórico de Pará de Minas.

A dupla que teve como primeira referência musical o sertanejo Wilsinho da Floresta, se apresentou pela primeira vez na Quinta no Museu. “É uma alegria imensa fazer parte da cultura de Pará de Minas. Fizemos questão de trazer as canções tradicionais da música sertaneja, porque soubemos que o público aqui gosta bastante”, disse Vítor, que também é filho de Wilsinho. O primo Ruan, disse que, “é uma maravilha apresentar nossa arte neste evento, uma honra fazer parte desta história. Aceitamos de primeira o convite da Ana Maria e trouxemos a cultura da viola para animar a galera.”

Além do público fiel, esta edição da Quinta no Museu também contou com a presença do Prefeito Elias Diniz e a esposa Diva Diniz.

Invalid slider ID or alias.